Busca

Escrevo, depois apago

Não fui eu, foi meu eu-lírico

mês

março 2011

Conquista

Porque quando era só carnal, tensão sexual e aquele gostinho de proibido, impossível, era só ilusão. E envolveu carinho. E virou real, palpável. Certeza. Quanta indecisão. Quanta tentação. Suava entre os dedos, deixava o vento acertar os cabelos e ignorava... Continue lendo →

Anúncios

Do latim ‘magister’, aquele que ensina

Ele é o único que, por bem ou por mal, acompanha a classe desde o primeiro semestre. Semestre este em que não se sabia direito como era uma faculdade, como eram os professores, qual era o esquema. E aí então,... Continue lendo →

It’s been a hard day’s night

 Enfim, apesar de tantos titubeios, cheguei ao seu apartamento. Encontrei-o decorado e bagunçado do jeitinho que você deixou. Do jeitinho que deixamos. Estranho não te encontrar de toalha - ainda molhada - presa à cintura, jogado no sofá, assistindo a... Continue lendo →

Bem vindo de volta, São Paulo

OBS: este texto é uma reedição (blog naotembulameuremedio.wordpress.com) Quase 2 meses depois da data oficial, o ano começou (agora na prática). Quem ia viajar, já viajou. Quem é fã da mais famosa festa brasileira e passa o resto do ano pensando em pular... Continue lendo →

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑