Busca

Escrevo, depois apago

Não fui eu, foi meu eu-lírico

mês

outubro 2012

Buena onda

Chuva que lava o chão da alma, escurece o céu e clareia a mente. Deixe-me enxergar através de límpidas gotas de frescor tudo aquilo inchado pelo calor. Deixo limpar enquanto espero paciente o libertar do caminho à casa de Linda.... Continue lendo →

Anúncios

Não é você. Sou eu.

Olheiras. Insônia de escrita. Páginas em branco. Enlouqueço, mudo o cabelo, o guarda-roupa, a pele. Mantenho os amigos. Sobrevivo. Dói. Abstinência do formar frases coerentes. Ou incoerentes. Ou qualquer coisa que não seja uma resposta de whatsapp escrita às pressas,... Continue lendo →

Blog no WordPress.com.

Acima ↑