Se amar fosse doce

Se deixar para lá fosse um esporte, teria fôlego para muitas rodadas.
Mesmo sabendo que certamente perderia algumas.

Então vem.
Faz um estrago na minha vida.
Encanta minha rotina.
Dá vida ao meu acordar.

Só peço que, por carinho ou consideração, vá embora antes do anoitecer. A dor brilha mais sob a luz da lua.

Vá. E não peça desculpas. Piedade é pior que ilusão e eu já sabia mesmo que, de novo, não havia de ser amor.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s