My huge little brother

Ele só tem 16 anos (sei que são 18, mas já foi um grande avanço colocar em minha mente que ele não tem mais 14), mas uma cabeça melhor que a minha. Nem acabou o ensino médio, mas já sabemos que será mais bem sucedido que eu. Fui visitá-lo em terras distantes e me deparei … Continue lendo My huge little brother

Si así es, que así sea

"Guardei o caderno em uma gaveta" 180 folhas inanimadas que agora parecem não fazer mais sentido para outros. As mesmas palavras que fizeram a diferença em minha vida por tantos dias e semanas e meses. E que mudou minha perspectiva, que me fez acreditar que sim, eu poderia mudar o mundo com uma caneta. A … Continue lendo Si así es, que así sea

I’m back, bitch

Achei que minha fase de páginas de Word preenchidas por vírgulas, confissões, interrogações, reticências, pontos finais e divagações havia chegado ao fim. Cigarro, uísque, vinho. Mesma praça, mesmo carro, mesmo choro. Nada. Novos pensamentos, músicas, livros, filmes e peças. Outras táticas. Nada. Nem uma mísera linha. Fez-se branco na tela do computador. A caneta não … Continue lendo I’m back, bitch