Eu, sinceramente, achei que tinha superado.
Mas seguia comendo chocolate.
Demais.
Evitava o espelho.
Mudei o cabelo.
Quebrei o joelho.
E precisei me apaixonar perdidamente por um personagem de televisão.
Para entender-te.
Me entender.
Demorei, sabia?
Para sacar o envolvimento.
Tirar do espetáculo alguma lição.
Ficção.
No travesseiro toma o rumo que a gente quiser.
Mão e língua.
Coração.
E a gravação no replay. e replay. e replay.
Pausa.
Click.
Estava lá.
A arte imitando a vida.
A minha vida.
E a vida…
é mais que arte.
Sem roteiro.
Nem pausa.
Nem rec.
Nem play.
Botões quebrados.
E lá vamos nós.
Desapaixona.
Entende.
Sorri.
Joga fora o velho cookie.
Solta o cabelo.
Arruma o joelho.
Reinstala o espelho.
Reabre o coração.

Anúncios