Convulsa

Pisei na bosta enquanto era apunhalada pelas costas
depois de um momento constrangedor
e um teste de caráter/camaradagem/mesmo time
meio que hétero, meio que gay
porque na hora h bem capaz que pegasse a Maria Gadú
meu gosto musical é muito lésbico
mas gosto de homem, desculpa
e obrigada por me ouvir mesmo que indo embora, mesmo que ficando
que não me deixaria sozinha chorando, esperando
e ri e chorei
e chorei enquanto ria
porque a vida é um mar de sentimentos complexos, vazia
que só quando criança é mais mágico de lidar
ainda tenho medo de palhaço e da gargalhada que com ele posso dar
e fazia tempo que a inspiração aparecia, foi só hoje, na mesa de bar
e chega de rima, que o caminho é para cima e é bem lá que a gente vai chegar
os 26 tão chegando
e eu achava que com 30 o primeiro Emmy já tava na manga
se consigo uns trocados pra breja já é felicidade, e é essa que conta?
reagi bem a uma notícia má
e mais fácil no espelho foi de me olhar
reconheci a menina que ali ainda habita
que dá dois passa para frente, mais ainda hesita
saída da fossa, inteirada na moda
mas só o que quero ser é FODA
eu sou eu e eu sou você
e se não houver mais ninguém
a gente se tem
então, só por hoje, te peço: fica bem?

Um comentário sobre “Convulsa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s