Re(escrever)

a passos curtos e vagarosos
se reconheceu no olhar no outro
fresco, certeiro. mas muito conhecido
velho amigo
de nunca antes
varreu a poeira para debaixo do tapete
migalhas de projetos parados
sonhos esquecidos
talento inexplorado
tomou coragem
e um ônibus
para ver se inspirava
sem saber o destino
desceu no ponto final
agradeceu o cobrador
cumprimentou o motorista
sorriu
sentiu aquele calafrio
soube
sentou-se na sarjeta
e pôs-se a brincar com as palavras
caneta e caderno
mente aberta
e um novo começo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s