proibido sentir

você está muito chata. você está muito sensível. você tem ficado muito bicuda. você é cheia de mimimi. você fica brava por qualquer coisa. qualquer coisa te deixa de mau humor. você se ofende à toa. tudo você chora. tudo você se fecha. nada para você está bom. queria que você tentasse entender como eu … Mais proibido sentir

forget

Você nunca foi assim. De não resolver as coisas. Pelo contrário, foi você que me ensinou a falar. Mas ontem. Ontem você foi cruel. E aí você esqueceu. Não é que não quis. Ou não tava no clima. Ou inventou uma desculpa. Opções essas que, bem ou mal, envolvem uma preocupação, mínima que seja. Um … Mais forget

A Cura

– Eu nunca achei que você fosse ser assim – Assim como? – Assim… Melosa, grudenta, cheia de mimimi Eu também não. Nunca achei. Nunca fui. Jamais pensei que fosse sentir saudades de alguém antes mesmo da ausência. Não sabia que eu tinha a capacidade de amar assim. De querer estar junto o tempo todo. … Mais A Cura

Lar

Quando eu era pequena, era batata: todo carnaval, ano novo, feriados, aniversários e fins de semana eram lá. Minha mãe preparava as malas, meu pai fazia mágica para fazer caber todos os apetrechos em um porta-malas apertado e logo a gente seguia viagem. No caminho, a pequena eu já ia entrando no clima. À medida … Mais Lar

Destilado do papel

Gosto de sofrer um pouco. Tristeza que destila, destila, fermenta e vira inspiração. Se transforma em palavras que abraçam, afagam o coração. Frases e pontos e vírgulas que se alinham sem o cérebro conseguir acompanhar. Sento no escuro, no macio do colchão. No colo, o peso da máquina de fazer expor, sair, distrair e desabafar. … Mais Destilado do papel