Constante frustração nossa

E quem diria que, na mais inesperada esquina da vida, encontraria um amigo de frustrações. As questões, tão diferentes, se fazem iguais - por pertencerem ao coração. O que queremos, não podemos ter. Coisas da vida, merdas do cotidiano. E nas rápidas muitas horas de goles gelados de cerveja descendo áspera pela garganta em uma tarde de … Continue lendo Constante frustração nossa

Pé no freio

A verdade é que fiquei assustada pelo rumo que as coisas estavam tomando. Diferentemente das outras tantas vezes - de sofrimento - em que pensei em me afastar de você, o afeto fazia-se cada vez mais presente e mais intenso. A cumplicidade era de dar em veja em muitos casais casados ou juntados. (Assumidos. Reais.) A … Continue lendo Pé no freio

Então é natal

Nota: os membros que compõem minha família, além de bagunceiros e bagunçados, são o máximo e eu realmente não sei o que seria das minhas datas comemorativas sem eles Para desgosto da minha mãe, não sou uma pessoa muito natalina. Isso porque, desde muito pequena, observo minha avó – lê-se ‘a pessoa mais bem humorada, engraçada, de bem … Continue lendo Então é natal

Autoajuda

Se quiser me entender, não desconsidere textos passados, por mais que o novo os contradiga. Oscilo. É surpreendente a capacidade que tenho de ir de um extremo a outro em uma única virada de página. Minhas estratégias textuais já não existem - são baseadas em ironia, lugar-comum e drama, muito drama. A filosofia utilizada por mim será sempre a de boteco. Minhas entrelinhas … Continue lendo Autoajuda