Busca

Escrevo, depois apago

Não fui eu, foi meu eu-lírico

Tag

coração

Boas Novas

ouviu notícia boa e deu vontade de chorar. deixou, então,  a água toda rolar. não é todo dia que o cérebro deixa o coração mandar.

Anúncios

Prova de amor

Sem saber em quem colocar a culpa, oscilo entre “a vida é muito louca” e “somos todos muito covardes”. Talvez as duas afirmações sejam verdadeiras. Ou nenhuma das alternativas acima. Não é como vestibular, de todas as maneiras. A vida... Continue lendo →

Descoberta

Eu, sinceramente, achei que tinha superado. Mas seguia comendo chocolate. Demais. Evitava o espelho. Mudei o cabelo. Quebrei o joelho. E precisei me apaixonar perdidamente por um personagem de televisão. Para entender-te. Me entender. Demorei, sabia? Para sacar o envolvimento.... Continue lendo →

Oportunidades

quando fecha-se uma porta, abre-se uma janela. fecha um lado da persiana, passa a chave no trinco, espia abrindo a cortina. para. observa. pensa. mede consequências. confunde-se. ouve o coração. espelha-se na razão. define prioridades. escolhe. escancara a janela, encosta a... Continue lendo →

Constante frustração nossa

E quem diria que, na mais inesperada esquina da vida, encontraria um amigo de frustrações. As questões, tão diferentes, se fazem iguais - por pertencerem ao coração. O que queremos, não podemos ter. Coisas da vida, merdas do cotidiano. E nas... Continue lendo →

Quando o certo é o errado e o errado é o certo

E aí que, depois de tanta (des)ilusão,  resolvi deixar minha rebeldia amorosa de lado e abri a porteira do coração (olha que lindo!) pro certinho, bonitinho, aquele que tem futuro, a quem minha mãe amaria chamar de genro, leal, fiel. O certo. É,... Continue lendo →

Blog no WordPress.com.

Acima ↑