Não é você. Sou eu.

Olheiras. Insônia de escrita. Páginas em branco. Enlouqueço, mudo o cabelo, o guarda-roupa, a pele. Mantenho os amigos. Sobrevivo. Dói. Abstinência do formar frases coerentes. Ou incoerentes. Ou qualquer coisa que não seja uma resposta de whatsapp escrita às pressas, informando que o encontro não está mais de pé. Desculpas. Aniversários de avós que já … Mais Não é você. Sou eu.

Pé no freio

A verdade é que fiquei assustada pelo rumo que as coisas estavam tomando. Diferentemente das outras tantas vezes – de sofrimento – em que pensei em me afastar de você, o afeto fazia-se cada vez mais presente e mais intenso. A cumplicidade era de dar em veja em muitos casais casados ou juntados. (Assumidos. Reais.) A … Mais Pé no freio